Em agosto de 1978, o cineasta francês Claude Lelouch montou uma câmera giroscopicamente estabilizada na frente de uma Ferrari 275 GTB e convidou um amigo, piloto profissional de Formula 1, para fazer um trajeto no coração de Paris à maior velocidade que ele pudesse.

A hora seria logo que o dia clareasse.

O filme só dava para 10 minutos e o trajeto era de Porte Dauphine, através o Louvre até a basílica de Sacre Coeur.

Lelouch não conseguiu permissão para interditar nenhuma rua no trajeto.

O piloto completou o circuito em 08:40 minutos, chegando a 324 km por hora em certos momentos.

O filme mostra ele furando sinais vermelhos, quase atropelando pedestres e entrando em ruas de mão única na contra-mão.

Quando mostrou o filme em público pela primeira vez, Lelouch foi preso.

Ele nunca revelou o nome do piloto e o filme foi proibido, passando a circular só no underground.

Se você não viu ainda, prenda a respiração e clique no link abaixo. Se você já viu, veja de novo, vale a pena.

Ligue o som e curta.



Via email do Ricardo

4 comentários:

P.L.T. disse...

espetacular.

Blog Mallmal disse...

A velocidade máxima desse carro era de 266 Km/h.

"The 275 GTB/4 could hit 165 mph (266 km/h) with its 300 hp (220 kW)."

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Ferrari_275

O filme é de 1976 e a velocidade máxima alegada é de 140 Km/h.
Além disso, o próprio diretor admitiu recentemente ter realizado o filme dirigindo ele mesmo sua Mercedez e inserindo o som de uma Ferrari na pós-produção.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Claude_Lelouch

Esse blog tá parecendo a imprensa brasileira. Publica sem verificar.

Mas o video é legal.

Der Hexenhammer disse...

Ops, Mercedes.

Anônimo disse...

fake e vcs nao viram...

uhauhuhua

só carro velho rodando em paris, da pra notar qnd ele ultrapassa eles que nao estão a mais de 80