Geralmente os contos do veio abordam fatos com toda a Irmandade. Hoje farei uma exceção.
"A infelicidade dos outros me traz felicidade". Meio de supetão essa frase e muitos podem achar moralmente/eticamente/biologicamente (??!!) errada, mas convenhamos, quando você esta na merda e vê alguém pior, não pensa: coitadinho, que horror!! Você pensa: puta merda, ainda bem que não estou assim!
E é com esse pensamento que hoje venho lhes oferecer alegria, pois...

Uma das vantagens de se morar perto do Paraguai é a de que você MORA perto do Paraguai (entenda isso como quantidades incomensuráveis de muamba trazida (i)legalmente por você e todos os seus amigos laranjas que te acompanham em um sábado de manhã).
Pois minha saga para comprar coisas felizes no Paraguai começou a uns dois meses atrás.
Estou morando em Minas Gerais e vi a oportunidade de visitar minha família no Paraná como sendo uma tentadora viagem para o país vizinho. Meu computador a tempo precisava de um Upgrade (não agüentava mais jogar simfarm) e dias antes de partir fiz um orçamento para montar uma máquina ultra-maxi-power. Configuração feita, laranjas selecionados, parto rumo a Paris. Quem já foi lá sabe que dinheiro realmente compra felicidade. É tanta coisa tentadora, desde jogos, hardware, bugigangas, coisas para acampar, pesca, etc, que realmente seus olhos brilham tal como uma criança em frente a um grande sorvete. Compras feitas, paraguaios que vendem camisinha musicale despistados, retornei a minha casa.

No dia seguinte, eu e o irmão Erdsen começamos a montagem do computador. Tudo feito com cuidado, delicadamente para não estragar meu quad-core 9400, nem minha GForce 9800 GTX. Tudo ok. Vamos ligar e... NADA. Como assim, nada?? O PC ligava, mas não dava pra entrar na Bios, inúmeras tentativas infrutíferas depois desistimos. Para não delongar demais nessa parte, levei em um técnico que descobriu que era a incompatibilidade do processador com a BIOS atual. Tudo resolvido, embalei carinhosamente o bichinho e trouxe para Minas.
Chegando aqui, tratei logo de montá-lo e testa-lo com o que havia de mais pesado em jogos. Tudo ocorria maravilhosamente bem, quando depois de 18 dias chego em casa, tento ligar o computador e NADA.

Lá vai o Diogo pra mais uma maratona de leva e traz. Depois de alguns dias, descobriu-se que havia dado pau completo na BIOS. Eu embalo a porcaria da placa mãe, envio pro Paraná, um amigo leva no Paraguai e na hora de trocar acharam um arranhão na placa. Meu, sei lá de onde foi aparecer o tal risco, mas ao invés de trocar, mandaram a placa pra assistência técnica. Para os que não sabem, a assistência técnica do Paraguai é um buraco negro que suga tudo, desde energia até felicidade. Logo, não espero ver minha placa ou meus dólares novamente.
Mas calma, minha sina ainda não teve fim. No mesmo dia que minha placa foi pra assistência, pedi pra me comprarem um Pen Drive de 16 GB. No Paraguai temos coisas originais (existem, mas ninguém nunca viu), falsas e muitooo falsas. Meu pen drive era da ultima categoria. Resultado: ele chegou ontem e hoje já não funciona mais.

Por isso vos digo, se você acha que seu dia esta ruim, que sua vida não vale nada, que tudo de ruim acontece somente com você, olhe um pouco pra trás e lembre-se que pimenta nos olhos dos outros é refresco.


6 comentários:

Irmão Edinho disse...

Já falei pra vc não comprar dos meninos que te seguem do início da ponte até punta que pariu só porque ficou com pena.. aí ó deu nisso! hhahahahaha

Luciano Sturm disse...

Correção UM: não foi pra assistência técnica, foi pra asus em algum lugar fétido na ásia.
Correção DOIS: Eu e o Ertsen avisamos sobre comprar pendrive nas bancas de esquina. Falei que ia dar merda.

aehOUEuaHeouaHeouhaOUEhAOUheoauHeoua

Pelo menos meu xbox tá com HD de 400 giga e tenho uma vara de pescar nova, uma mega mochila de acampamento, uma garrafa de whisky e muitas outras tranqueiras!

aouehOUAHEouaHeouhaouhAe

Irmão Fabiano disse...

Você é o Diogo. Todas as malésias devem recair sobre você. Está escrito. "... e que o mal recaia sobre o Bassora".

Não, sério, já me aconteceu muita coisa ruim no paraguai, mas QUANDO VOCÊ COMPRA ALGO LÁ, DE UMA CHIPAS ATÉ UMA BMW DE U$ 500.000, deve saber que pode ter a chance do negócio não funcionar.

Mas também já comprei peças lá, deu problema e na hora trocaram, muito mais fácil que no Brasil. Foda é que eles 'acharam' um risco na placa.

Vou comprar meu PC lá também, mas acho que vou pagar 10% para alguém trazer e montar, pois se der pau, aí é com ele.

Lucas Santana disse...

Vê pelo lado bom Rossoni, você ainda tem um celular comprado la...até que dia é claro não sabemos, mais ele ainda funciona... pense nisso!!!
kkkkkkkkkkkkkk

Der Hexenhammer disse...

Cabaço... Muda pra Minas e esquece o savoir-faire do Paraguay.

Era muito mais fácil (e barato) pedir pra um dos parentes encomendar com o muambeiro de sua escolha o que você queria... Não tinha que viajar 300 Km e ainda recebia a famosa "la garantia soy jo"...

Adelir disse...

hm.... é o custo da economia. Se vc tivesse falado comigo Diogo.... eu poderia ter feito um plano bom em 400 vezes.... ter incluido 2 anos de garantia adicional.... e mais um segurinho no caso de vc ficar desempregado e/ou morrer.... Não que isso deixaria o negócio mais seguro pra vc.... mas pelo menos vc saberia que estaria sendo enganado por um amigo conhecido.... e o deixando mais rico tb....