Era uma vez um grupo de manifestantes de uma favela que estava protestando contra a violência (um rapaz de família, trabalhador, em liberdade condicional, havia sido assassinado na capital de Salvador). Para isto, estavam dando porrada e apedrejando os carros que tentassem furar o bloqueio, afinal vale tudo para coibir a violência (devem ter se inspirado nos pacíficos grupos do MST e da CUT).

Depois de várias horas de baderna (contra a violência), um malévolo motoqueiro não-filiado à movimento nem nenhum nem portando um bonézinho vermelho tentou furar o bloqueio dos amáveis manifestantes. Agredido, o perverso motoqueiro sacou de sua arma contra os manifestantes que estavam ali só para acabar com a violência.

Tudo isto retratado neste vídeo do Brasil Urgente:



Detalhe para o 'naipe' dos manifestantes. Parece que todos acabaram de sair da escola ou do trabalho. Todas pessoas de bem.