Como fã incondicional e praticante meia-boca desse esporte bretão, não poderia deixar de comentar alguns fatos do Campeonato Brasileiro 2008:

1. São Paulo: um clube europeu do Brasil

Não tem como negar a superiedade do clube paulista em relação aos demais times do Brasil. O São Paulo, após a conquista dos Mundiais 92-93, transformou-se em empresa, onde o resultado conta muito mais que simples paixão. Não é à toa que é o único time brasileiro tri-campeão mundial e da libertadores e hexa brasileiro.

Aos Bambis, aquele abraço!

Pictures Hoster

2. Grêmio, Cruzeiro, Palmeiras, Flamengo, Internacional e Fluminense: decepção

Os quatro primeiros lideraram a maior parte do campeonato brasileiro, mas a falta de regularidade apenas demonstraram o que realmente são: times medianos. Vender seus craques no meio do campeonato (ex. Valdívia e Marcinho), não contratar reforços de peso, não se desfazer de jogadores ruins, ter dirigentes que não são empresários, tudo isto contribuiu para a posição que ficaram: atrás do São Paulo.

Já em relação ao Internacional e ao Fluminense, não entendo o que aconteceu com os melhores elencos do Brasil. O time gaúcho tem o melhor meio-campo do Brasil, com o argentino D'Alessandro e Alex, além do meia-boca Nilmar. Ainda que conseguiu ganhar do fraco Estudientes e levar a Sulamericana, senão seria vexaminoso seu 2008.

O Fluminense, ahhh O Fluminense! Dava por certo a Libertadores 2008, mas quero ver alguém me convencer que Renato Gaúcho é treinador de ganhar libertadores. Era o ano do Fluminense. Tinha os melhores jogadores do Brasil: Washington, Tiago Neves, Dodô, Conca, Tiago Silva. Nem para a sulamericana se classificou...

3. Vasco: até que enfim na 2ª divisão

Que me perdoem os torcedores vascaínos, mas o Vasco merecia cair e faz tempo. Isto é reflexo de anos de ditadura do Czar Eurico Miranda, que mandava e desmandava não só em São Jenuário, mas em tudo o que metia o dedo. Ou vocês de esqueceram da tramóia que ele fez para Edmundo jogar a final do Brasileiro de 1997 (mandou o jogador conscientemente ser expulso na semifinal para poder jogar a final sob efeito suspensivo)? O de ainda conseguir que a final de 2001 contra o São Caetano fosse jogada novamente em São Jenuário mesmo depois de atestada a falta de condições do estádio após a queda do alambrado?

Pictures Hoster

Outro fator que condiciona a queda do Vasco se chama Renato Gaúcho. Sim, o mesmo que disse que o Fluminense seria campeão da Libertadores (deixando o time em último lugar no Brasileiro quando saiu) e que agora cavou o buraco em São Jenuário.

Assim como aconteceu com Fluminense, Grêmio, Botafogo, Palmeiras e Corinthians, a 2ª divisão deverá ser uma escola, um centro de reciclagem para o Vasco. É o que esperamos.

---------------------------------------

Bem, meu medíocre time se classificou para a (pré) Libertadores, ficando muito além para um time que almejava o título. Pelo menos ano que vem teremos os gambás para ganharmos de novo, hehehe.

3 comentários:

Nany&Beto disse...

é isso ai amigo!!!
somos hexaaaaaaaaaaaa
é noissssss
bjs

Anônimo disse...

O segundo jogo do vasco contra o São Caetano foi no Maracanã. Só para refrescar a memória, foi aquele jogo em que o vasco atuou com o "patrocínio" do SBT.

Anônimo disse...

O homo tá em casa:
http://br.youtube.com/watch?v=oGkYwGX4j1U&feature=related

http://www.4shared.com/file/77309647/9b81a4d3/histria_de_ronaldo.html?dirPwdVerified=e97109c3

http://img176.imageshack.us/img176/2268/histriaderonaldoan2.jpg

A maior casa de todas:
http://br.youtube.com/watch?v=egdMyRvLX9g

http://br.youtube.com/watch?v=s8nrKvKKXo4