A maior parte da fortuna amealhada em hotelaria e no ramo imobiliário vai para um fundo de caridade. Mas o cachorro acabou recebendo a maior parte do dinheiro destinado aos parentes e pessoas (ou bichos) próximos a ela.

O testamento estabelece ainda que quando a cadela morrer, deverá ser enterrada ao lado de Helmsley, que morreu na semana passada, e de seu marido.

Parentes da bilionária receberam menos do que Trouble, e dois dos quatro netos dela ficaram de fora do testamento.

Os meios de comunicação dos Estados Unidos apelidaram Helmsley de "Rainha da Mesquinharia". Ela tinha a reputação de ser dura quando se tratava de seus negócios.

continua...

Nota: Ok. Fora o fato de achar loucura alguém "presentear" um cachorro com tamanho dinheiro, sendo o mais provável, que o advogado que ajudou no testamento superfature os banhos e tosas do animal, não existe uma pequena semelhança com um membro da irmandade (sem referência aos presentes)??!! (planos de sustentação por terceiros até o fim da vida... he he he).

1 comentários:

Irmão Colpani disse...

Ah! filho da mãe. Mordam o cú!! Vão procurar outro para encher pois agora sou funcionário do Estado.


... conto os dias para me aposentar!!!