Lendo o Trankera achei uma interessante propaganda sobre os blogs. Mais especificamente sobre os bloggeiros. Na verdade é um comercial do Estadão chamando todos os bloggeiros de "Macacos".





Discriminatório? Sim. Generalizador? Claro. Era a intenção do jornal ou da empresa publicitária? Talvez. Fato é que o comercial foi divulgado, a honra dos bloggeiros (risos) atacada e uma porrada de nerds escreveram posts rechaçando a iniciativa. Zueira.

Os blogs, associados aos sites de comunicação, são hoje sem sombras de dúvida os maiores centros de criação e divulgação de informação. O Estadão sabe disso. Qualquer pessoa com mais de 80 pontos de QI sabe disso. Mas o porquê da campanha é que fica no ar: medo, uma tentativa ousada de angariar leitores, ou simplesmente uma agência publicitária com carta-branca na mão?

Inexiste possibilidade do mundo voltar atrás. Esqueça Estadão!! Você já era (sim, isso é uma ameaça). O papel só existe hoje porque nem todos possuem um notebook ainda. Ainda. A evolução é natural. Macaco -> homem; jornal -> internet.

Não sou macaco. O Ir. Daluz talvez tenha alguma semelhança com um homem de Neanderthal, mas não é nenhum macaco. A propaganda é forte, mas será que eles estão preparados para aguentar a força de uma "ossada"??

4 comentários:

Anônimo disse...

Bloggeiro só faz isso mesmo!
Copiar e colar!

Irmão Fabiano disse...

Eu concordo.

Irmão Colpani disse...

E salve o ctrl + c - ctrl + v.

Irmão Fabiano disse...

Oww, mas esse texto eu escrevi!!

Blogueiro só copia, mas já é alguma coisa.