"Donos de uma fábrica de cerveja de Toledo, região Oeste do Paraná, foram parar na polícia por suspeita de falsificação. As cervejas eram produzidas com barris de outras fábricas. Um consumidor percebeu que o rótulo na garrafa da cerveja não correspondia ao conteúdo.


Segundo reportagem do Paraná TV, a Associação Brasileira de Combate a Falsificação recebeu a denúncia deste consumidor e foi checar na fábrica. Na distribuidora Colônia, os fiscais confirmaram o crime ao encontrar dezenas de barris de diversas marcas - menos a da própria indústria.

Os fiscais notaram que a falsificação era uma rotina na empresa. Cerca de 20 embalagens estavam identificadas corretamente e pelo menos 400 estampavam o nome de outras empresas.

Os diretores da indústria foram encaminhados para a delegacia, onde prestaram depoimento e foram liberados em seguida. Os barris foram recolhidos e a fábrica pode responder na justiça pelo crime de estelionato.

A polícia agora vai fazer uma perícia nos barris apreendidos. Os diretores da fábrica disseram à produção do Paraná TV que, apesar dos barris de outras marcas, os lacres e as notas fiscais eram da cervejaria deles e que isso seria permitido pelo Ministério da Agricultura."